Qual a influência geográfica da região do planalto central no potencial destes florais?

Para descrever o potencial curador desta região será usado um estudo de analise da assinatura da região ( forma, idade, localização, composição quimica, cores, etc). Este resultado é fruto de todos estes anos de pesquisa e observação no estudo das essências florais.

Terras de formação geológica antiga, tendo sido habitada a mais de 12.000 anos o que nos traz as memórias de nossa ancestralidade e nos dá força para trabalhar este tema;

Arbustos e árvores de pequeno e médio porte, com troncos retorcidos, cascas grossas e gretadas, lembrando-nos os idosos que já sofreram a ação do tempo, mas que trazem consigo uma grande sabedoria;

As folhas grandes, ásperas e rígidas assinalam a rígidez da qual temos que nos curar para seguirmos o caminho evolutivo;

Raízes profundas que chegam a alcançar mais de 20 metros de profundidade, evidenciam o elemento terra que nos mostra ser esta região propícia para o trabalho de aterramento para pessoas muito aéreas e sonhadoras. Também se percebe através desta assinatura a possibilidade de entrar em contato com dimensões do inconciente, inclusive nossas memórias ancestrais.

Terra ácida lavada e pobre em matéria organica contrasta com a beleza e colorido das suas flores, nos mostrando a força de adaptabilidade, persistencia e resistência desta vegetação.

Folhas caducas que caem ciclicamente, e se renovam rapidamente. Muitas vezes surgindo primeiro as flores e depois as folhas, nos indicando a força da transição e do renacimento presente naquela vegetação.

Vegetação tipo savana produz mais oxigenio do que consome, tornando-se um grande provedor de ar respiravel, representando o elemento ar, que nos inspira a criatividade, flexibilidade, fluidez e a circulação.

Grandes mananciais e profundos lençois d’àgua. Este elemento mostra o caminho para trabalhar a expressão emocional, principalmente em seus desequilíbrios.

O sol – elemento fogo, tão natural e radiante nesta região, estimula a força da vida, aumenta a energia vital em todas as suas flores, irradiando alegria e luz.

A localização do Planalto Central, centro do Brasil e da América do Sul, nos indicando com isso, o chakra cardíaco do continente, aumentando desta forma, o potencial de cura pelo amor incondicional.

A região do cerrado inicia-se no sul dos Estados do Maranhão e Piauí, passa pelos Estados do Tocantins, Goiás, Distrito Federal, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, centro do Estado de São Paulo e chega ao norte do Paraná, podendo ser considerada a espinha dorsal ambiental do Brasil, sugerindo a força do equilíbrio que é transmitida pela assinatura desta região.

Durante a época da seca, tem-se a impressão que está tudo morto, mas mesmo nesse período de transição, que na região é muito rápido e varia de um lugar para o outro, pois sendo uma grande bio-diversidade, sempre haverá algumas ervas, arbustos ou árvores, algumas vezes sem as folhas, mas marcados pela vida e colorido das flores, que surgem em primeiro lugar.

Todas estas características reforçam a nossa percepção do poder curador emanado por cada flor da região, não importando se nativa ou cultivada.

Print Friendly